RESENHA:Óleo de rícino

O óleo de rícino também conhecido como óleo de mamona ajuda no fortalecimento capilar e na queda.
A perda de cabelo tem varias causas mas a maioria esta relacionada ao couro cabeludo.
O óleo de rícino fortalece o cabelo também  tem propriedades antibacteriana e antifúngicas que podem ajudar a combater e prevenir infecções do couro cabeludo exemplos :  caspa,seborreia,foliculite etc...
Sabemos que o óleo de rícino contêm muitos compostos naturais altamente benéficos que estimula o crescimento capilar e não  que seja um elixir para cauvice, mas  ele ajuda a amenizar ou até a parar a perda de cabelo e fazem o cabelo crescer mais fortes ,mas se a queda for genética o uso do óleo não vai curar o problema mas pode diminuir a queda de fios.
O óleo de rícino estimula o crescimento de um cabelo forte e saudável, melhora a circulação sanguínea que estimula o crescimento, ele contêm ácidos graxos ômega 6 que estimula o couro cabeludo fortalecendo os fios de modo que quando eles crescem ficam menos frágeis, ele nutri as raízes do cabelo,hidrata e condiciona e deixa o cabelo macio e suave.
Que nutrientes e componentes benéficos esse óleo tem:
Omega6: ajuda a nutri Melhor o couro cabeludo e raízes
Vitamina E:  contêm minerais e proteínas que estimula o crescimento.
-Tem propriedades antibacteriana,antivirais e anti-fungo.
-Estimula a atividade celular do couro cabeludo.
- Trata a coceira no couro cabeludo
- Cura folículos danificados
-Melhora a circulação sanguínea no couro cabeludo.
Além de ajudar no crescimento ele corrige rapidamente as pontas duplas e ressecadas.
Como usar no cabelo:
Esfregue bem o óleo nas mãos e aplique por todo o couro cabeludo massageando por 5 minutos, cubra com touca plástica ou laminada fique algumas horas e depois lave com shampoo sem sulfato.
Pode ser usado na raiz do cílios e nas sobrancelhas para ajudar no crescimento e engrossar os fios também.
Eu estou usando  no meu cabelo para ajudar no crescimento em breve eu mostro os resultados para vocês.

Beijos beijos

                       Carol

Nenhum comentário

Postar um comentário